SLIDES - EEMAS

quarta-feira, 10 de abril de 2024

CONVITE DE LANÇAMENTO DO LIVRO "CAMINHOS DE VERSOS" ESCRITO POR ALUNOS DA EJA 2023 DA EEMAS SOB A COORDENAÇÃO DO PROFESSOR MARCOS LIMA.


Idealizado e Organizado
Por Marcos Lima(professor)
Textos: alunos da EJA (2023).



terça-feira, 9 de abril de 2024

HOJE, 09 DE ABRIL, É DIA NACIONAL DA BIBLIOTECA. "LER É DESVENDAR MUNDOS DESCONHECIDOS".

Nesta terça-feira (9), é comemorado o Dia Nacional da Biblioteca. A data foi instituída por meio de um decreto brasileiro que criou não somente esta, mas outras datas como a Semana Nacional do Livro e o Dia do Bibliotecário.

Um Decreto brasileiro datado de 9 de abril de 1980 instituiu, no país, a Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, bem como o Dia do Bibliotecário. Por este motivo, o dia 9 de abril é lembrado como o Dia Nacional da Biblioteca.

A biblioteca é um lugar que merece ser sentido e comemorado. E, para ser comemorado, é preciso ocupar esse lugar fascinante, senti-lo através daquilo de mais precioso que há dentro: livros. Dessa forma, a comemoração desta data é essencial para relembrarmos a importância da leitura, que conforme define Carlos Drummond de Andrade “A leitura é uma fonte inesgotável de prazer”.

Aproveite essa data, portanto, para se perguntar qual foi o último livro que você leu? Quantos livros você costuma ler por ano? Que tal aproveitar a data para se tornar um usuário mais constante de biblioteca? Pois, como já dizia a famosa citação do célebre escritor Jorge Luis Borges: “Sempre imaginei que o paraíso fosse uma espécie de Biblioteca”. E ele estava certo, a Biblioteca é um paraíso a ser descoberto.

Fonte SIBI/UFPA

CERIMÔNIA NA BIBLIOTECA ESCOLAR FAZ PREMIAÇÃO DOS VENCEDORES DO III CONCURSO BIOGRAFIAS: "MINHA HISTÓRIA, MINHA VIDA" EM ALUSÃO AOS 61 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE CAMPO REDONDO-RN.

CERIMONIAL DE ENTREGA DE PREMIAÇÃO

III Concurso: Biografias “Minha história, minha vida”. Prêmio professora “Maria das Dores da Silva”

O III Concurso: “Minha história, minha vida” prêmio Professora “Maria das Dores da Silva” tem a finalidade de proporcionar uma valorização a beleza, demonstrando amor, carinho e respeito pela nossa cidade de Campo Redondo/RN, com a função de mostrar aos nossos alunos que podemos e devemos valorizar, amar e respeitar as pessoas que ajudaram a construir e desenvolver o nosso município, pois é nele que vivemos, nos tornamos cidadãos e muitas vezes, passamos por toda a nossa experiência de vida aqui.

Convidamos a todos para a exibição do Hino Oficial de Campo Redondo/RN dos compositores Paulo José Dantas e João Maria.

A palavra foi facultada aos homenageados e colaboradores do evento:

Diretora: Simone Soares

Vice-diretora: Islândia Marisa

Coordenação, apoio e suporte pedagógico:

Samanta Kaline, Reginaldo Moura e Felipe Bezerra

Professores Homenageados

Professor Regente de biblioteca: George Araújo

A palavra continua facultada a quem desejar.

 

ENTREGA DOS CERTIFICADOS E PREMIAÇÕES

Queremos chamar a frente para receber seu Certificado e premiação,  o aluno(a) ... que ficou em...

4º LUGAR: AGATHA MARIA DA SILVA CAMPELO, que obteve a 4ª posição no concurso para receber seu certificado;

3º LUGAR: SARA DE ARAÚJO SILVA, que obteve a 3ª posição no concurso para receber seu certificado e premiação;

2º LUGAR: ELLEN SAMILY JOSEFA VASCO DE LIRA, que obteve a 2ª posição no concurso para receber seu certificado e premiação;

1º LUGAR: JAMILE BATISTA DE PONTES, que obteve a 1ª posição no concurso para receber seu certificado e premiação.

Agradecemos a todos que contribuíram e participaram direta e indiretamente do Concurso de Biografias “Minha história, minha vida”, prêmio professora Maria das Dores da Silva. Lembrem-se que: “A leitura e a escrita são irmãs gêmeas que promovem o sucesso escolar” Obrigado a Todos. Boa tarde! 

Campo Redondo, RN, 08 de abril de 2024.

















Fotos Samanta Kaline

sexta-feira, 5 de abril de 2024

PALESTRA SOBRE INCLUSÃO ESCOLAR COM A PROFESSORA AEE ALESANDRA FELINTO E IVANUZIA CONFESSOR PARA OS ALUNOS DA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO INTEGRAL NA TARDE DESTA QUINTA-FEIRA (04/04).

 

Foi realizado na tarde da última quinta-feira, dia 04 de abril de 2024, na Sala de Multimídia da Escola Estadual Professora Maria Arioene de Souza-EEMAS, uma importante Palestra sobre a Inclusão Escolar com a professora Palestra Alesandra Felinto, professora da Educação Especial e idealizada pela professora Ivanuzia Confessor de Língua portuguesa para os alunos da 1ª Serie do Ensino Médio Integral e Potiguar.










CONFIRA O RESULTADO FINAL DO III CONCURSO DE PRODUÇÃO DE TEXTOS: BIOGRAFIAS "MINHA HISTÓRIA, MINHA VIDA".

III CONCURSO DE PRODUÇÃO DE TEXTOS : Biografia – “Minha história, minha vida”, Prêmio: Maria das Dores da Silva.                  


BIOGRAFIA FRANCISCO RODRIGUES DA ROCHA

Francisco Rodrigues da Rocha (conhecido popularmente como Tico de Adauto) nasceu na cidade de Campo Redondo-RN em 12 de agosto de 1952. Filho de Adauto Ferreira Rocha e Helena Rodrigues Rocha, sendo o filho mais velho dos três filhos homens do casal. Seu primeiro casamento foi com Josefa Dantas da Silva, esposa que faleceu em um acidente automobilístico. Teve como perfilhado duas meninas: Claudejane Silva Rocha e Ana Cláudia Silva Rocha. Sua sucessiva esposa foi Dulce Maia, e conviveram juntos até o dia de sua morte.

Durante a infância, Tico de Adauto; assim como a maioria das crianças daquela época, não frequentou a escola; mesmo assim, não deixou que o analfabetismo o impedisse de lutar pelo que almejava, do contrário, ele viu como um motivo de busca, por ser mais um sertanejo interiorano de família humilde, quis mudar a sua realidade. Ainda em sua pré-adolescência, aos 13 anos fugiu de casa em busca de melhoria de vida e com a necessidade de ajudar sua família, ele viajou para o centro-oeste em um pau-de-arara, no intuito de trabalho e qualidade de vida, no entanto passou por necessidades básicas como alimentação e chegou a catar lixo.

A contar dessa época, Adauto teve um regresso triunfante ao Rio Grande do Norte, trabalhou por anos, obteve o conhecimento de voltar como um assessor ao povo de sua terra através do comércio, empreendimentos e favores aos amigos e mais necessitados. Tico de Adauto foi candidato a vereador em 1988, entretanto não foi eleito. Em 2000 retornou novamente a candidatura, desta vez a prefeito, desde então Adauto foi aceito pelo povo campo-redondense, desse momento em diante, teve início a sua carreira na vida política.

No decorrer de seus dois anos e meio de mandato eletivo (2001-2002) Adauto realizou grandes feitos na cidade de Campo Redondo, carregou consigo o seguinte lema " Cidade limpa, povo educado" Trabalhou genuinamente para atender a voz e necessidades do povo, e ao que tão sonhava ter em sua cidade desde criança. Deixou como legado a construção monumental do ginásio de esporte O Adautão, construções de estradas, calçamentos, reformas, cortes de terra no campo agrário, iluminações nas ruas e transportes escolares para estudantes da Zona Rural.

Ainda em seu mandato político, Tico de Adauto veio a falecer no dia 12 de julho de 2003, vítima de um acidente automobilístico em uma divisória entre a BR 226 e Lagoa Nova. Um abalável acontecimento para os campo-rendondenses que reconhecia a força de vontade, força do trabalho e realização de Tico de Adauto para com Campo Redondo.

Vinte e dois anos depois, Tico de Adauto é considerado o melhor prefeito da história da cidade, seu marco de bondade e comprometimento ficou na memória e na história daquele que ele ajudou e daquele que usufrui das obras deixadas por ele. Adauto foi um homem que esteve disposto diante do povo, concedendo-lhes sobretudo o que a população era merecedora de receber: a dignidade, de ter e de ser.

Autora Jamile Batista de Pontes.

 

BIOGRAFIA DE JOSÉ ELIEL DE LIRA 
(04/11/1974 - 04/11/2018)

Nascido no dia 04 de novembro do ano de 1974 na cidade de Campo Redondo no Rio Grande do Norte, sendo filho de um dos maiores empreendedores da época sendo eles, Sebastião Alexandre e Marias das Dores, os mais renomados da região, tendo 3 irmãos sendo 2 do sexo masculino e um do sexo feminino. Iniciou sua vida escolar na Escola Estadual Dr. José Borges de Oliveira concluindo o primeiro grau e teve seu segundo grau incompleto na Escola Estadual Prof. Maria Arioene de Souza. Desde sua infância sempre foi apaixonado pelo ramo do micro negócio, sendo assim seguiu o exemplo de seus pais e também se tornou um empreendedor. Quando tinha aproximadamente seus 12 anos, conseguiu seu primeiro empreendimento com uma banca na feira livre em Campo Redondo e na cidade de Santa Cruz vendendo plásticos, entre outras coisas, e no ano de 1997 ele abriu seu próprio negócio em uma loja fixa.

Ele teve uma infância muito divertida, apesar de ser tímido, amava jogar bola com os colegas da escola e gostava sempre de ajudar seus pais em tudo. Durante sua juventude como todos os adolescentes da época, ele tinha suas travessuras e aventuras, ele gostava muito de bebedeira, festas, farras e encontros com os colegas. Entre uma dessas suas aventuras, ele possuiu um carro Chevette no qual sofreu um acidente aos 18 anos de idade na BR-226 próximo a ladeira do S. José Eliel passou dos 17 aos 37 anos da sua vida entregue as bebidas alcoólicas, festas e farras. Aos 21 anos conheceu uma jovem chamada Sandra, pela qual se apaixonou à primeira vista, com seis meses de namoro eles noivaram e no dia 24 de novembro de 2006 se casaram. Desta união eles tiveram quatro filhos, dois sendo do sexo masculino, e dois sendo do sexo feminino, sempre foi um ótimo pai para seus filhos, já a sua vida de casado por alguns anos não foi uma das melhores pois a bebida atrapalhava sua vida conjugal, mas como sua esposa é uma mulher de oração, convenceu ele a abandonar o vício e a seguir uma vida religiosa, fazendo assim com que sua vida conjugal melhorasse e servisse de exemplo para muitas famílias.

No ano de 2011 ele descobriu que precisaria fazer uma cirurgia no coração, e no dia 14 de fevereiro de 2012 foi submetido a cirurgia cardíaca. Nos últimos 7 anos de sua vida, voltou-se para Cristo e transformou-se em um homem de oração, um católico praticante, sempre envolvido nos eventos da igreja católica, participando do ministério terço dos homens e do Encontro de Casais com Cristo (ECC). Ele gostava muito de estar reunido com a família e a aconselhar as pessoas.

José Eliel tinha um sonho no qual era construir uma capela na comunidade Sítio São João, no dia 4 de novembro do ano de 2018 estava ele com seus familiares e amigos a fazer a primeira ação louvor para a construção desta capela, onde sofreu um infarto fulminante as 13:40 da tarde que o levou a óbito, seu velório foi um dos mais comoventes e visitados da região.

"Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé"

Autora Ellen Samily J.V de Lira



BIOGRAFIA DE DANTAS AGOSTINHO DE PONTES

Dantas Agostinho de Pontes nasceu em 1931, natural de Araruna, cidade da Paraíba que faz divisa com o Rio Grande do Norte morava com sua família em uma comunidade que pertence a cidade de Araruna, conhecida como Sitio Calabouço. Em 1964 mudou-se para o sítio Serra do Doutor II, município de Campo Redondo - RN. Conheceu sua esposa Maria Amélia no mesmo ano e casou-se com ela em dezembro de 1966, mulher com quem veio a passar toda a sua vida. Dantas e sua esposa Belinha (assim como eram conhecidos por amigos e familiares) viviam da agricultura e criação de animais, Dantas e Belinha criaram sete filhos, sendo eles seis mulheres e um homem. Durante sua vida passaram por algumas dificuldades comuns para os nordestinos, como a seca e a falta d’agua, e todas superadas com muita fé e trabalho duro de um homem forte e trabalhador. Em 1883 Dantas e sua esposa conheceram o evangelho e em 1984 mudou-se com sua família para morar no centro da cidade de Campo Redondo, mais precisamente em instalações nos fundos da Igreja Batista Regular da cidade, lugar onde ajudou na construção e por um período de sua vidada passou a ser o zelador do templo. Cristão e homem de fé, criou e educou todos os seus sete filhos nos caminhos cristãos. Em 2018 Dantas foi diagnosticado com um tipo de câncer na garganta, e como um bom guerreiro lutou até o fim, em abril de 2019 faleceu aos 87 anos. Dantas deixou sua esposa Maria Amelia, seus sete filhos, dezenove netos e dois bisnetos, deixando saudades do grande homem que foi no coração de todos os familiares e amigos.

Autora Sara de Araújo Silva



BIOGRAFIA DE FRANCISCO FÉLIX DOS SANTOS

Francisco Félix dos Santos, conhecido carinhosamente como Félix Santos, nasceu em 1961 na pacata cidade de Currais Novos, no interior do Rio Grande do Norte. Desde jovem, demonstrou paixão pela comunicação e pelo rádio, o que o levou a seguir a carreira de radialista.

Félix teve alguns filhos, e entre eles estão: Barbara Mychayany, Barbara Michele, Barbara Micheline, Marciel Félix, Rhavana, Rodolfo, Isabele e Jordão. Nem todos eles tiveram a honra de conhecê-lo, mas levam o pai como uma grande inspiração.

Com apenas 32 anos, em um acidente de carro, Félix Santos deixou um legado significativo na comunidade local, sendo reconhecido por sua voz cativante e seu compromisso em informar e entreter os ouvintes. Como radialista, ele desempenhou um papel fundamental na transmissão de notícias, eventos e músicas que faziam parte do cotidiano da cidade.

Félix Santos era conhecido por sua empatia e proximidade com os ouvintes, tornando-se uma figura querida e respeitada na região. Sua partida precoce em 11 de setembro de 1993 deixou saudades entre colegas de trabalho, amigos e ouvintes que apreciavam sua presença nas ondas do rádio.

Apesar de sua vida ter sido interrompida cedo demais, Félix Santos deixou uma marca indelével como um talentoso radialista e uma pessoa querida por todos que tiveram o prazer de conhecê-lo.

Espero que esta pequena biografia capte a essência da vida e contribuição de Félix Santos como um grande radialista.

E eu, como neta dele e filha de sua filha mais nova, me sinto muito honrada por estar escrevendo essa biografia e falando sobre a sua incrível carreira. Mesmo sem tê-lo conhecido, sou sua grande fã e o admiro muito.

Autora Agatha Maria da Silva Campelo


Realização
Escola Estadual Professora Maria Arioene de Souza – EEMAS
Biblioteca Escolar Maria Salete Gomes Moreno

Professores Colaboradores: Marta Araújo, Crisólito Marques, Ana Karenine, Karen Marianne, Ivanuzia Confessor, Linduarte Marinho, Bárbara Kelly.

Apoio: Simone Soares, Islândia Marisa, Andrea Karmen, Samanta Kaline, Reginaldo Moura, Carlos Lucena, Paulo Noruélio.

Idealizador: José George P. de Araújo – Professor Regente