SLIDES - EEMAS

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

PAUTA - FÓRUM PARA GESTORES DO ENSINO MÉDIO




REFLETIR
SEGUNDO AS DIRETRIZES NACIONAIS PARA EDUCAÇÃO BÁSICA É...



2.4. Organização curricular: conceito, limites, possibilidades



No texto “Currículo, conhecimento e cultura”, Moreira e Candau (2006) apresentam diversas definições atribuídas a currículo, a partir da concepção de cultura como prática social, ou seja, como algo que, em vez de apresentar significadosintrínsecos, como ocorre, por exemplo, com as manifestações artísticas, a cultura expressa significados atribuídos a partir da linguagem. Em poucas palavras, essa concepção é definida como “experiências escolares que se desdobram em torno do conhecimento, permeadas pelas relações sociais, buscando articular vivências e saberes dos alunos com os conhecimentos historicamente acumulados e contribuindo para construir as identidades dos estudantes” (idem, p. 22). Uma vez delimitada a ideia sobre cultura, os autores definem currículo como: conjunto de práticas que proporcionam a produção, a circulação e o consumo de significados no espaço social e que
contribuem, intensamente, para a construção de identidades sociais e culturais. O currículo é, por consequência, um dispositivo de grande efeito no processo de construção da identidade do (a) estudante (p. 27). Currículo refere-se, portanto, a criação, recriação, contestação e transgressão (Moreira e Silva, 1994). 
E assim, começaremos a redesenhar o currículo.



TEMAS TRABALHADO
1. CAMPANHA CONTE ATÉ 10
TEMAS CENTRAIS VIDA E MORTE, DIREITOS E DEVERES DOS ADOLESCENTES, VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS E BULLING, ENFRENTAMENTO DA VIOLÊNCIANAS ESCOLAS. (ANALFABETISMO EMOCIONAL – COMO GRANDE CAUSA DE MORTE NO PAÍS)
2. POLITICAS PÚBLICAS PARA O ENSINO MÉDIO E EXPECTATIVAS.
3. DESAFIOS DO ENSINO MÉDIO
4. INTECTUALIDADE ORGÂNICA
5. PROGRAMAS PARA PROFESSORES
1.INTERNACIONAL LEAEDRS – PDPI –ENGLISH, MISSÃO PEDAGÓGICA, PROJETO DESPERTAR, CONCURSO DE REDAÇÃO DO SENADO FEDERAL, JOVENS EMBAIXADORES DO RN, PARLAMENTO JOVEM BRASILEIRO, PARLAMENTO JUVENIL DO MERCOSUL, IMERSÃO CIENTIFICA PARA MENINAS.
6- CURRÍCULO DIFERENCIADO INTEGRAÇÃO E INOVAÇÃO.
OBJETIVO; DISCUTIR INOVAÇÃO E INTEGRAÇÃO CURRICULAR A LUZ DAS FINALIDADES DO EM NO CONTEXTO DA SOCIEDADE DO SÉCULO XXI.
7- AS QUATRO ÁREAS DO CONHECIMENTO;
1. LINGUAGENS
2.MATEMÁTICA
3- CIÊNCIAS HUMANAS
4- CIÊNCIAS DA NATUREZA
8. PARTIR DE SITUAÇÃO PROBLEMA ( TUDO QUE NÃO TEMOS RESPOSTA, NÃO TEMOS ELEMENTOS NO MOMENTO PARA RESOLVER.
9- PROJETO REDESENHO CURRICULAR
A inovação curricular representa um desafio para as escolas e se constitui uma meta da SEE/RN a ser implementada pela subcoordenadoria de Ensino Médio para orientar os educadores, por meio de estudos e formações, para um redesenho curricular inovador que corresponda aos direitos de aprendizagem dos estudantes na sociedade e na escola do século XXI e atenda sua formação integral.
O que é redesenho curricular?
. Como elaborar uma proposta de redesenho curricular no Ensino Médio?
1. Diagnóstico da escola ( de cada turma com relação a aprendizagem)
2. Criação de uma equipe constituída por um professore da cada disciplina do currículo escolar ou área do conhecimento, o coordenador pedagógico, o apoio pedagógico e os gestores escolar com o objetivo de coordenar e dirigir o trabalho junto aos outros educadores;
3. Elaboração de uma proposta por essa equipe (citada no item 1) para formação dos demais profissionais envolvidos no projeto de redesenhar o currículo;
4. Criação de tempo e espaço para estudo e planejamento das atividades;
5. Aquisição de recursos materiais para equipar o espaço de estudo e planejamento;
6. Elaboração da proposta ou do projeto de redenho curricular pela equipe gestora e professores (as) da escola.
INTEGRAÇÃO CURRICULAR
APOIO PEDAGÓGICO

INICIAÇÃO LEITURA CULTURA
CIENTIFICA E PESQUISA E LETRAMENTO DIGITAL

MANDALA DOS SABERES
PASSOS – SISTEMA DE CONSTRUÇÃO DE MANDALAS

PPP e a organização curricular
- Traduzir a proposta da escola – construção coletiva
- Propor alternativa para formação integral e acesso aos conhecimentos e saberes necessários;
- aprofundando processo de diagnóstico, análise, prioridades, sistemática de acompanhamento e avaliação;
- Expresso de concepções, princípios, finalidades, objetivos – resultante do debate e reflexão do grupo que compõe a formação desses espaços da publicidade.
O PPP das escolas que ofertam o Ensino Médio deve considerar
- Atividades integradoras;
- Problematização como instrumento de incentivo a pesquisa;
- A aprendizagem como apropriação significativa;
- Valorização da leitura e da produção escrita em todos os campos do saber;
- Comportamento ético-reconhecimento dos Direitos humanos;
-Respeito e acolhimento da identidade do outro;
- Articulação teoria e prática;
- Integração com o mundo do trabalho por meios de estágios;
- Utilização das diferentes mídias, dinamização de aprendizagem;
- Capacidade de aprender permanente, desenvolvendo a autonomia dos estudantes;
- Avaliação da aprendizagem, com diagnóstico preliminar e caráter formativo;
- Análise crítica e reflexiva da realidade;
- Práticas desportivas e de expressão corporal-promoção da saúde física e mental;
- Participação.


“ Sempre há o, que aprender, ouvindo, vivendo e sobretudo, trabalhando, mas só aprende quem se dispõe a rever as suas certezas”.

DARCY RIBEIRO

Nenhum comentário:

Postar um comentário