SLIDES - EEMAS

domingo, 1 de maio de 2016

O TRABALHO DO PRINCIPIO DA HUMANIDADE AOS DIAS ATUAIS


A origem do trabalho no livro de Gênesis descreve que Deus é o trabalhador primário, dedicado com a criação do mundo (Gênesis 1:1-15). A Bíblia relata que Deus foi o primeiro a trabalhar sobre a terra; trabalhou por seis dias e descansou no sétimo.Portanto, o legítimo trabalho reflete a atividade de Deus. Gênesis 1: 31 declara que quando Deus viu o fruto do Seu trabalho,alegrou-se com o resultado e disse que era tudo"muito bom",.A sua recompensa é honra e satisfação que vêm de um trabalho bem feito.Salmo 19:1 afirma que Deus Se revela ao mundo através da Sua obra. Por meio da revelação natural,existência 

de Deus é conhecida por todas as pessoas na terra. Assim, o trabalho revela algo sobre aquele que o realiza.Ele expõe o caráter, motivações, habilidades e traços da personalidade. Jesus repetiu este princípio em Mateus 7.15-20 quando declarou que as árvores ruins produzem frutos ruins e as árvores boas produzem bons frutos. Isaías 43:7 indica que Deus criou o homem para a Sua própria glória. Em I Coríntios 10:31, Afirma que tudo o que fazemos deve ser para a Sua glória. O termo glória significa "dar uma representação precisa."Por isso, o trabalho feito por cristãos deve dar ao mundo uma imagem fiel de Deus em sua justiça, fidelidade e excelência Deus criou o homem à Sua imagem, e semelhança Gênesis 1.26 -31.O trabalho faz parte de uma das necessidades humanas originou-se com o aparecimento do homem, na terra com o desenvolvimento de pequenas ferramentas de pedra o homem começou a buscar meios para sua alimentação. O homem foi criado para trabalhar com Ele no mundo. Deus plantou um jardim e usou Adão para cultivar e preservar Gênesis 2.8,15. A Queda do Homem descrita em Gênesis 3 produziu uma mudança na natureza do trabalho.Em resposta ao pecado de Adão, Deus pronunciou várias decisões em Gênesis 3:17-19, a mais grave é a morte. Deus amaldiçoou a terra. O trabalho tornou-se difícil. A palavra fadiga é usada, o que implica desafio, dificuldade, cansaço e luta.O trabalho em si era bom, mas o homem deve esperar que só será realizado pelo "suor do seu rosto." Além disso, o resultado não vai ser sempre positivo. Embora o homem se alimente das plantas do campo, o campo também produzirá espinhos e abrolhos.O trabalho árduo e esforço nem sempre serão recompensados na forma como os trabalhadores deseja.o homem estaria se alimentando da produção do campo, não do jardim. Um jardim é um símbolo de um paraíso terrestre feito por Deus como um confinamento seguro. Jardins também simbolizam a pureza e a inocência.A terra, representa um espaço desprotegido ilimitado. Portanto, o ambiente de trabalho pode ser hostil, especialmente para os cristãos (Gênesis 39.1-23; Êxodo 1:8-22; Neemias 4).Diz-se que o homem tem três necessidades básicas da vida: amor, propósito e significado. Muitas vezes, os seres humanos tentam encontrar propósito e significado no trabalho em si. Em Eclesiastes 2.4-11,Salomão detalha a sua busca por sentido em uma variedade de projetos e obras de todos os tipos. Apesar de o trabalho trazer algum grau de satisfação na realização, a sua conclusão foi:"Considerei todas as obras que fizeram as minhas mãos, como também o trabalho que eu, com fadigas, havia feito; e eis que tudo era vaidade e correr atrás do vento, e nenhum proveito havia debaixo do sol."O trabalho é um dom de Deus para o Seu povo e será abençoado (Salmo 104:1-35; 127:1-5; Eclesiastes 3:12-13; 5:18-20;Provérbios14.23). Deus prepara Seu povo para o seu trabalho Êxodo 31:2-11. É interessante notar que o sistema bíblico de bem-estar social era um sistema de trabalho (Levítico 19:10; 23:22). A Bíblia reprova a preguiça (Provérbios 18:9).A Bíblia apresenta o trabalho como fruto da vontade de Deus. Desde o início Ele desejou que o ser humano trabalhasse e em Salmos 104,19-24;Isaías 28,23-29 afirma que o trabalho é uma instituição da sabedoria divina.O terceiro mandamento também mostra o trabalho como parte constitutiva do plano divino para a humanidade. Êxodo 20:8-10.O pecado muda a perspectiva do trabalho e sobretudo as suas condições.Depois do pecado o trabalho não é mais alegria, mas fatiga Gênesis 3,16-19); é um peso e não uma bênção. Parece que perdeu seu valor, depois do pecado,mesmo se em si não é um mal. Tornou-se ocasião de pecado e, quando é finalizado em si mesmo, pode tornar-se até mesmo uma idolatria Eclesiastes 2,4-11.20-23;Lucas 12,16-22.Em alguns casos transforma-se em instrumento de exploração e opressão (Êxodo 1,11-14; 2,23; Juízes 5,4).Com Cristo, graças à redenção, o trabalho é restabelecido como uma benção divina, realização da pessoa na comunidade humana,um‘fazer’ que imita o ‘fazer criativo’ de Deus.É importante lembrar como a Bíblia reprova a preguiça, a ausência de trabalho lTessalonicenses 4,11; Efésios 4,28; I Timóteo 5,13). O próprio Jesus trabalhou como carpinteiro. Paulo era orgulhoso de dizer que se sustentava trabalhando com as suas mãos, até mesmo para servir como exemplo (Atos dos Apóstolos 18,3).É célebre o que ele diz em 2Tessalonicenses 3,10: Quem não quer trabalhar, não coma.Com isso o apóstolo das nações quer afirmar um princípio de igualdade e de respeito do ser humano e da sua dignidade. A este propósito também em Lucas 10,7 está escrito: o operário merece o seu salário.Parte inferior do formulárioDo suor do teu rosto, comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado, portanto és pó e em pó te tornarás. O Senhor Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden, para lavrar a terra, de que fora tomado. Genesis 3. 19,23. o trabalho consciente dignifica o homem; é verdade. O esforço para ser produtivo e útil nas realizações de tarefas do emprego ou como profissional liberal são as fontes lícitas e justas do bom viver. Aquele que furtava não furte mais; antes, trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir como que tiver necessidade.Efésios 4.28. Não são trabalhos dignos;subornos,esperteza desmandos.Bem-aventurado aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos! Pois comerás do trabalho das tuas mãos,feliz serás, e te irá bem. Salmo 128. 1-2.O cristão deverá ser o exemplo de dedicação e bom desempenho de seu ofício, seja ele qual for. O pão nosso de cada dia jamais chegará até os preguiçosos e ociosos durante a vida toda. Ainda de noite, se levanta e dá mantimento à sua casa e a tarefa às suas servas. Estende as mãos ao fuso, e as palmas das suas mãos pegam na roca. Olha pelo governo de sua casa e não come o pão da preguiça. Provérbio 31. 15, 19, 27. O trabalho pesado não era para ser desenvolvido pela mulher, mas tarefas suaves e domésticas. Nos tempos dos Séculos XX e XXI, porém, elas trabalham quase em pé de igualdade com os homens. Cabe ao casal analisar se a ausência dela no lar não é prejudicial à criação dos filhos.Porque, quando ainda estávamos convosco, vos mandamos isto: que, se alguém não quiser trabalhar, não coma também. Porquanto ouvimos que alguns entre vós andam desordenados, não trabalhando,antes,fazendo coisas vã II Tessalonicenses 3.10-11. Quem não trabalha dá muita mão de obra. E vós, senhores, fazei o mesmo para com eles, deixando as ameaças, sabendo também que o Senhor deles e vosso está no céu e que para com ele não há acepção de pessoas. Efésios 6. 9. O patrão precisa dar prioridade ao tratamento condigno aos seus funcionários; sem eles, suas obras e sua clientela serão reduzidas. O bom funcionário é a mola mestra do empreendimento. Salário justo,bonificações periódicas e até,se possível,participação nos lucros. Vós, servos, obedecei a vosso senhor segundo a carne, com temor e tremor, na sinceridade de vosso coração, como a Cristo, não servindo à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus; servindo de boa vontade como ao Senhor e não como aos homens, sabendo que cada um receberá do Senhor todo o bem que fizer, seja servo, seja livre. Ef6. 5-8. Assim procedendo, galgará posições mais relevantes e rentáveis. Glorificará a Deus com sua postura de servo fiel e diligente. Mesmo o patrão ímpio gostará de ter trabalhadores obedientes, produtivos e honestos.Daniel,o profeta,procedeu assim.A ciência se multiplicará.Daniel 12. 4. Aproveitando sabiamente a ciência evoluída, os homens têm criado fantásticas comodidades para a raça humana. Pelo trabalho constrói-se a moradia, fabricam-se os eletrodomésticos e os meios de transporte; o vestuário, os remédios e outros bens de consumo. Temos pelo trabalho a energia elétrica,a água encanada e os meios de comunicação.Paulo descreve claramente a ética do trabalho cristão: "Ora, se alguém não tem cuidado dos seus tem negado a fé e é pior do que o descrente" 1 Timóteo 5. 8. Além disso, a instrução de Paulo para outra igreja em relação àqueles que preferiam não trabalhar era "que vos aparteis de todo irmão que ande desordenadamente e não segundo a tradição que de nós recebestes." E ele continua a dizer: "Porque, quando ainda convosco, vos ordenamos isto: se alguém não quer trabalhar, também não coma." Ao invés, Paulo instrui as pessoas que tinham sido preguiçosas:“A elas, porém, determinamos e exortamos,no senhor Jesus Cristo,que, trabalhando tranqüilo, 

comam o seu próprio pão” 2 Tessalonicenses 3:12. Embora o projeto original de Deus para o trabalho tenha sido pervertido pelo pecado, Deus um dia vai restaurar o trabalho sem os encargos que o pecado introduziu Isaías 65:17-25, Apocalipse 15.1-4;. 22.1-11.Até o dia em que os novos Céus e Nova Terra forem estabelecidos, a atitude cristã para com o trabalho deve ser semelhante à de Jesus: "Disse-lhes Jesus: A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra" (João 4:34).



AS Cidades e as Fabricas



Antes da invenção da máquina a vapor, as fábricas situavam-se em zonas rurais próximas às margens dos rios, dos quais aproveitavam a energia hidráulica. Ao lado delas, surgiam oficinas, casas, hospedarias, capela, açude, etc. A mão-de-obra podia ser recrutada nas casas de correção e nos asilos. Para fixarem-se, os operários obtinham longos contratos de trabalho e moradia. Com o vapor, as fábricas passaram a localizar-se nos arredores das cidades, onde contratavam trabalhadores.Elas surgiam "tenebrosas e satânicas", em grandes edifícios lembrando quartéis, com chaminés, apitos e grande número de operários. 0 ambiente interno era inadequado e insalubre, com pouca iluminação e ventilação deficiente. Até o século XVIII, cidade grande na Inglaterra era uma localidade com cerca de 5 000 habitantes. Em decorrência da industrialização, a população urbana cresceu e as cidades modificaram-se. Os operarios, com seus parcos salários, amontoavam-se em quartos e porões desconfortáveis, em subúrbios sem condições sanitárias. As cidades tornaram-se feias e negras, envoltas numa atmosfera fumarenta, estendendo por todos os lados seus subúrbios mal construídos...Nelas desenvolveu-se uma vida urbana que a velha Inglaterra não havia conhecido. Era a massa enorme e confusa do proletariado, que ocupava o formigueiro industrial com seu movimento disciplinado; a cima dela, dirigindo para seu lucro todo o mecanismo da grande indústria, a aristocracia manufatureira, a classe poderosa dos capitalistas fundadores e proprietários das fábricas.

O Dia do Trabalho é comemorado em 1º de maio. 

No Brasil e em vários países do mundo é um feriado nacional, dedicado a festas, manifestações, passeatas, exposições e eventos reivindicatórios. 
A História do Dia do Trabalho remonta o ano de 1886 na industrializada cidade de Chicago (Estados Unidos). No dia 1º de maio deste ano, milhares de trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho, entre elas, a redução da jornada de trabalho de treze para oito horas diárias. Neste mesmo dia ocorreu nos Estados Unidos uma grande greve geral dos trabalhadores Fatos importantes relacionados ao1ºde maio no Brasil: Em 1º de maio de 1940, o presidente Getúlio Vargas instituiu o salário mínimo. Este deveria suprir as necessidades básicas de uma família (moradia, alimentação, saúde, vestuário, educação e lazer. Em 1º de maio de 1941 foi criada a Justiça do Trabalho,destinada a resolver questões judiciais relacionadas, as relações de trabalho e aos direitos dos trabalhadores.Até o início da Era Vargas 1930-1945 eram comuns nas grandes cidades brasileiras certos tipos de agremiação dos trabalhadores fabris (o que não constituía, no entanto, um grupo político muito forte, dada a pouca industrialização do país). Atualmente o mundo atingiu um nível muito alto de desemprego, fato que havia acontecido,em proporções similares,após a crise de 29. segundo os Órgãos internacionais, existe atualmente,1Bilhão de pessoas desempregadas algumas profissões foram superadas outras extintas, o crescimento constante de tecnologias provoca alterações no mercado de trabalho em todo o mundo. Até mesmo em países de terceiro mundo as fábricas e indústrias estão sofisticadas e modernas. As empresas são obrigadas a investir maciçamente em tecnologia para garantir rapidez e melhorar a qualidade, itens necessários em um mercado tão competitivo. A exploração do trabalho infanto-juvenil ocorre e está relacionado com a condição de pobreza das famílias Dessa forma, a contribuição financeira desse trabalho às vezes é decisiva para a manutenção da unidade familiar.Trabalhar jamais fez mal a ninguém. Pelo contrário, sempre fará bem ao ser humano. A história bíblica afirma que o Criador disse ao primeiro homem da face da Terra: “Do trabalho das tuas mãos comerás”. Poderíamos dizer que do trabalho das nossas mãos também nos vestimos. Não existe coisa pior na vida do que ficar sem fazer nada. O sábio Martinho Lutero afirmava que: “Mente vazia é oficina do maligno”. Se não tem nada a fazer, os pensamentos são ocupados por coisas inúteis.Há um provérbio popular que diz: “Todo o trabalho é digno”. Para o trabalho para ser digno, tem que ser lícito, que não seja prejudicial às pessoas e nem ao Estado. A partir do momento que direta ou indiretamente causar prejuízo a outrem, deixa de ser digno.Trabalhar honestamente dignifica o ser humano.Se observarmos ver a trajetória de quase todos os que tiveram sucessos na vida, esses heróis trabalharam e muito.Os homens que mais prosperaram iam dormir uma hora mais tarde e levantavam uma hora mais cedo.Trabalhar e estudar com empenho é o segredo do crescimento e realização pessoal e profissional.Faz bem para o corpo, para a alma para o espírito.












Nenhum comentário:

Postar um comentário